sábado, 8 de agosto de 2009

Mais que amor

Naquele momento estavam sozinhos. Ninguém no quarto além dos dois. Ninguém na casa além dos dois. A desavença tinha que ser resolvida. O amor não poderia ter acabado por conta de cinco segundos de uma visão constrangedora.

Por mais que não visse nos olhos de Sofia um resquício sequer de paixão, Lucas não poderia desistir dela. Não poderia desistir daquela que fora escolhida para domar aquele coração raivoso e aquela mente inconstante. Não poderia deixar de lado as arrebatadoras semanas de sentimento intenso, de vida compensatória.

Foi Sofia quem o despertou, quem lhe mostrou a beleza do simples, a paz de uma caminhada ao ar livre. Apenas no olhar de Sofia é que Lucas conseguia encontrar o próprio olhar. Sem ela, ele nunca teria se emocionado plenamente.

Por isso Lucas foi ao encontro da garota naquela noite. E por não entender o quão apaixonado ele era, Sofia não queria vê-lo de novo, então correra para o quarto, com os olhos em dilúvio, logo que abrira a porta e vira Lucas do outro lado da passagem.

Tudo que ele queria era observá-la novamente. Não conseguia explicar como se sentia. Se houvesse algo que transcedesse o amor, certamente seria isso que ele sentia. Como não sabia o que tomava de roubo o coração que pulsava acelerado em seu peito, Lucas simplesmente se calaria e olharia naqueles olhos que lhe proporcionaram a catarse mais encantadora que jamais pudera imaginar.

Dizer “eu te amo” seria perda de tempo. O amor não era mais suficiente para ele. Algo mais era necessário, mas esse “algo” não existia ainda.

Cada um se encontrava em pé em lados opostos da cama quando finalmente Lucas resolveu falar. E o convite não poderia ser outro que não pedí-la para deitar-se com ele e simplesmente esquecerem do mundo. Fecharem os olhos, sentirem apenas a respiração ofegante ao lado e viverem o que ninguém no planeta jamais viveu.

Deitados, calados, houve apenas um simples toque de mãos e depois ficaram ali, pela eternidade.



Thiago Assis F. Santiago


*Inspirado na música "Chasing cars", da banda Snow Patrol
Para ver o clipe da música basta clicar aqui.

42 comentários:

  1. Linda cena! E vc descreveu perfeitamente. Seu blog é um de meus favoritos entre os que tenho visitado ultimamente. Seus textos são ótimos thiago, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. "E eu achando que ficava só na cabeça pra baixo".

    Não entendi.Oo

    ResponderExcluir
  3. Muito lindo o que voce escreveu.
    Snow Patrol mto bom minha musica favorita deles é Open Your Eyes *-*
    Legal teu blog!

    ;*

    http://unbrokenheart-mythings.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Nossa que lindo... singelo. Belo final!

    bjos
    ;*

    ResponderExcluir
  5. Pareceu um curta sabe! Massa seu roteiro! =D

    ResponderExcluir
  6. Eu te juro que esse texto me arrepiou. Deu pra sentir ele, de tão intenso que foi.

    ResponderExcluir
  7. Cara, que coisa mais linda. *-*

    Acho que essa nova sessão promete!
    Vou baixar a música, nunca ouvi, ficquei curiosa... Haha

    Gosto de enxergar tuas personagens... (: Sim, daria um curta bem legal.

    Ah, eu nunca li nada da Clarice, sabe? Então não posso dizer que foi inspirado nela... Mas eu escrevi pra uma amiga, foi um presente. O final é justamente esse. Pode ter sido um dejà-vu. Obrigada pelo elogio!

    Beeeijo.

    ResponderExcluir
  8. Muito bonito, mesmo. O amor pra mim é isso aí. Ficar juntos em silêncio. Sem que haja incomodo.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Muito bom cara.
    Lingua direta mesmo.
    Esse final deve ter sido mesmo unico...
    Abraços e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  10. Carne a carne ne Thiago..para amar tem que ser verdadeiro e duravel..senao nao é amor....


    abraçao

    ResponderExcluir
  11. E existe o "mais que amor"?
    Acredito que o amor seja o ápice, enganada estou, será?
    Ceninha linda, thiago. Mas, pareceu mais um encontro de futuros grandes amigos do que qualquer outra coisa.

    Foi lindo.
    beijos aos montes!

    ResponderExcluir
  12. Que mistura de paixão com tesão. Me excita isso *-* Demais!

    http://tiomah.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Lindo conto!
    E ótimo gosto musical, parabéns!

    Beijo ;*

    ResponderExcluir
  14. Dispensaram palavras? Ás vezes, os atos falam mais que as palavras..(é um fato).

    Não conheço a banda que citou, masa darei uma "pesqusiada" aqui
    =)

    ResponderExcluir
  15. Ah, o amor. O amor tem dessas. Caras e bocas. Metamorfoseado.



    B-joletas suaves

    ResponderExcluir
  16. Acho que isso é o que se chama de Alma Gêmea :D Que lindo !

    Beeijo ;*

    ResponderExcluir
  17. gosto desses, que quando de olhos fechados podemos ver até a nuace das sombras :)

    ResponderExcluir
  18. Nossa, muito lindo Thiago, muito bom! *-*

    ResponderExcluir
  19. Thiago, o lado esquerdo da minha cabeça, arrepiou-se todo. Isso é normal? rs
    Beijo, beijo.

    ResponderExcluir
  20. Aquela dor no peito que alguns chamam angústia
    invade meus dias, tardes e noites
    e meu coração chora de saudades,
    mesmo sabendo que nada pode voltar
    do jeito que sempre foi um dia.

    poesia é simples...

    e as vezes nos surpreende!

    Grande abraço , seguindo!

    ResponderExcluir
  21. Thi,

    Se falar pra você que não fiquei toda emocionada agora, seria tentar negar a beleza e o romantismo de suas palavras, que vc sabe, sempre mexem muito comigo. E eu sempre fui a menina toda romântica da vida, e mesmo com meus pés no chão, jamais quero perder esse lado da vida. O melhor lado. Aquele que sempre faz sorrir.

    Esse texto foi pra encabeçar a lista dos 'preferiti' de verdade. Parabéns, mais uma vez!

    E quanto ao "Eu te amo"... Falar apenas não basta... deve-se demonstrar pra sentir...


    Adorei!

    Beijos!

    Ps: Desculpaaa o atraso?
    E muiiitooo obrigada pelo carinho, sempre.

    ResponderExcluir
  22. Só no toque de mãos? ahhh
    Tinha que ir pro finalmente!!! rs
    BjOs^^

    ResponderExcluir
  23. Caraca... Thiago tava inspirado hein?!
    Que lindo! Lindo de verdade!
    Você narra muito bem! ^^

    ResponderExcluir
  24. Nossa! Profundo... Palavras bem colocadas. Parabéns!

    ResponderExcluir
  25. Pensei em várias coisas lendo teu texto...
    Engraçado... sempre que se escreve sobre corações partidos e terminos de relacionamentos as mulheres são mais egocentricas... elas falam sobre os sentimentos feridos dela, os homens são normalmente generalizados... são "iguais aos outros"... ruins...
    Os homens são mais sensiveis... eles individualizam a mulher... somente ELA é boa o bastante... no lugar de baixar a cabeça e reclamar eles lutam... ou sei lá...
    O triste é que ninguém, nem homens e nem mulheres, escrevem sobre a dor de quebrar o coração de alguém... embora seja uma coisa que todos ja fizemos... ou vamos fazer

    ResponderExcluir
  26. belo texto!
    vc quem fez?
    é uma história?
    tem continuação?

    ResponderExcluir
  27. Que liindo.

    E mais uma demonstração de 'um gesto vale mais que mil palavras'.
    Ah, o toque das mãos *-*



    adorei, adorei.
    super inspirado, hein!

    ResponderExcluir
  28. Aii que coisa fofa *-*
    eu adoro histórias assim, cheias de sentimento, e a sua tá ótima, pq conseguiu me passar as emoçoes dela
    amei
    bejão
    http://rocknaveiaaa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. legal, meio melódico para o meu gosto, mas ta legal cara.

    Parabéns

    ResponderExcluir
  30. Eu gostei porque a narrrativa não se desviou do seu objetivo e a mensagem é relevante.
    Parabéns. Continue escrevendo e tenha como meta publicá-lo, por que não?

    ResponderExcluir
  31. Seu Blog está de Parabéns Brother :D vlw

    ResponderExcluir
  32. Oi...
    Muito bonito o texto...e os detalhes então...muito bomm!

    Parabéns!

    Adoro essa música do Snow Patrol...

    ^^

    ResponderExcluir
  33. Que ótimo começo Thiago, lindo texto, lindas palavras, bela música.

    ResponderExcluir
  34. Amor tudo supera!
    Amor é quando a diferenças não são capazes de separar!

    Lindo texto, Thiago! Parabens!
    Obrigada por sempre visitar o Palavras!
    bjos

    ResponderExcluir
  35. Nossa, adorei o texto e a forma envolvente com a qual você escreve. Continue assim e parabéns *-*
    Ahh, fortaleza digital li semana passada, aliás, o Dan Brown é ótimo!

    Bom, agora não estou conseguindo seguir seu blog, dá erro.. se quiser..

    http://whatihavethought.blogspot.com/
    :)

    ResponderExcluir
  36. as vezes eu coloco "Open Your Eyes" e viaaajo na muuusica, é mravilhoso meesmoo !

    liindo o texto
    da para imaginar cada detalhe da cena :D

    ResponderExcluir
  37. Achei seu blog no topico da comunidade do orkut e resolvi vim aki =D
    Bjoos!

    ResponderExcluir
  38. Que style véi... vc descreve as coisas mto bem ! Lucas é meu nome e Sofia será o da minha filha hehehe então gostei em dobro do seu texto huahua

    Comente no meu também, ok ?
    http://www.escolhaopcional.blogspot.com
    Abraços

    ResponderExcluir

Por favor, se for para comentar apenas Bom texto, passa no meu blog nem se dê ao trabalho.

Conto com a compreensão de vocês quanto a isso, pois creio que não gostam quando isso acontece em seus blogs.

No mais, obrigado pelo comentário.