domingo, 6 de março de 2011

Purgação

Saiba que não se destrói um passado,
mas se constrói um futuro;
Que é da vida ouvir,
mas é do homem entender;
Que não se cria uma imagem,
se vive a realidade;
Que, seja como for,
a verdade é a melhor resposta.

Acredite que surpresas acontecem,
e que lidar com elas pode ser complicado;
Que embora muita água já tenha corrido embaixo da ponte,
o que vale, para ela, é aquela que agora passa;
Que não se perde um amor por ser sincero,
mas sim por atos, por mentiras;
Que só nos resta aprender,
e não ter medo do que sentimos.

Entenda que "eu te amo" é muito forte,
e só deve ser dito honestamente;
Que se arrepender é natural,
mas tem que ser pelas atitudes que mereçam arrependimento;
Que se eu disse que te amo,
é porque é de verdade;
Que se estou contigo,
é porque te quero.


Thiago Assis F. Santiago
www.twitter.com/euthiagoassis

14 comentários:

  1. são tocáveis as suas palavras, concordo com tudo isso que você colocou, de maneira muito boa.

    ResponderExcluir
  2. Fui eu que escrevi isso? Muuito bom, parabéns!

    Natalie

    ResponderExcluir
  3. Passarei sempre pelo teu cantinho!

    ResponderExcluir
  4. Pura sensibilidade.

    Te desejo um ótimo carnaval.

    abraços

    ResponderExcluir
  5. Essa é a delicia da vida, e a vida que não for assim não tem graça alguma.
    Beijos...
    E mais uma vez: parabéns

    ResponderExcluir
  6. Linda suas poesias.
    Quem dera que todos pensassem como você, e dessem mais valor no "eu te amo".
    Mais amor por favor!
    Esperando sua visitinha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Poderia aplaudir de pé esta sua poesia de tão bela e real,afinal somos todos assim meio receosos e e deixamos o passado tomar conta e futuro se amedrontar.

    ResponderExcluir
  8. O aprendizado maior, sem dúvida alguma, é que as palavras tem mais força que os músculos bem trabalhados. Um 'eu te amo' pode ser caloroso, acarinhado e profundamente romântico, mas se não é sentido tornar-se o antagonista disso tudo. Se não for sincero, que diga eu te odeio.

    ResponderExcluir
  9. Thiago, já te disse que não sou muito de escrever versos, lembra? Acho que não tenho o dom. Fico com as grandes linhas. E ó, sem problema algum, você traduz muito do que a gente sente com seus versos, incríveis. Eles são sutis na medida certa e fortes, pra ficar na cabeça depois.
    Lindo, lindo.

    ResponderExcluir
  10. Eu acredito muito nesses versos que você escreveu: "Que se arrepender é natural,
    mas tem que ser pelas atitudes que mereçam arrependimento"

    ResponderExcluir
  11. Nossa, amigo!
    Lindas palavras!
    Seus versos encantados vieram desta vez cheios de verdades...
    Daquelas que tocam a alma.
    Daquela que está na nossa frente e muita vezes ignoramos...
    Verdades daquelas que nos ajudaria a viver de uma maneira melhor... Beeeeem melhor!

    Amei o poema.

    Eu estava com saudade daqui!

    Um beijo grande e uma ótima semana!!

    Milla Borges

    ResponderExcluir
  12. "Saiba que não se destrói um passado"

    O dificil é qnd certas pessoas querem qe vc esqueça de uma hora para outra o passado. é impossivel..

    peguei um pedaço do teu texto e postei no meu facebook, mais claro qe coloquei teu link hahha.

    eu tbm sou assim: se falo te amo, é pq realmente te amo, e se estou ao teu lado, é pq gosto e quero estar assim, nao faz sentido pra mim ficar alimentando coisas qe nao vao me fazer bem la na frente.

    parabens mais uma vez.

    ResponderExcluir
  13. O que você diz no último parágrafo é um privilégio de poucos. Se esse é realmente o sentimento do poeta, ele tem muito do que se orgulhar.

    ResponderExcluir
  14. muito bom!!!
    exatamente essa filosofia d evida q tenho tentado praticar e tenho pedido aos que estão a minha volta para fazer o mesmo...
    gostei!

    ResponderExcluir

Por favor, se for para comentar apenas Bom texto, passa no meu blog nem se dê ao trabalho.

Conto com a compreensão de vocês quanto a isso, pois creio que não gostam quando isso acontece em seus blogs.

No mais, obrigado pelo comentário.